51 3284.0000
Senhor dos Passos

Notícias

Conheça alguns mitos e verdades sobre alergia alimentar

Publicado por Administrador em 28/05/2017

Alimentos inofensivos podem trazer más consequências aos alérgicos

    É comum vermos em filmes e séries um personagem que come amendoim ou frutos do mar e no mesmo instante fica com o rosto todo inchado e com falta de ar. “Trata-se de uma reação de alergia alimentar, quando o sistema imunológico encara um alimento normalmente inofensivo como algo nocivo e responde de maneira exagerada”, destaca o especialista em Análises Clínicas Marcos A. Hagemann – diretor do Laboratório Senhor dos Passos.

   É claro que nos programas de TV o caso é sempre extremista (ainda que seja uma reação possível), mas a maioria das reações alérgicas é menos dramática – coceiras e manchas avermelhadas na pele, tosse, náusea ou cólica intestinal.

Conheça alguns mitos e verdades que rondam o assunto, segundo o especialista:

  • Alergia alimentar é hereditária

Mito. Sim, existe um componente genético envolvido no desenvolvimento da alergia, mas ele não é o único determinante para ela acontecer. Em outras palavras, pais alérgicos de fato têm mais chances de terem filhos alérgicos, mas também é comum que pais sem alergia alguma tenham filhos alérgicos e vice-versa.

  • O único modo de combater a alergia é eliminando o alimento da dieta para sempre

Verdade. Ainda que existam tratamentos para lidar com a reação assim que ela ocorre, o único método 100% garantido é descobrir qual substância daquele alimento é a causadora da alergia e evitá-la. Observe atentamente os rótulos para não correr riscos.

  • Quem tem uma alergia alimentar conviverá com ela para sempre

Mito. Algumas pessoas lidam com o problema a vida toda, mas também existem várias crianças que nascem com uma alergia e ela logo desaparece com a chegada da adolescência, assim como é possível desenvolver a alergia só na fase adulta.

  • Alergia e intolerância são sinônimos

Mito. A alergia alimentar vem a ser uma resposta rápida do sistema imunológico a uma determinada proteína contida no alimento. Já a intolerância alimentar também é uma resposta do organismo diante do consumo de determinados alimentos, mas não conta com a participação do sistema imune – é geralmente causada pela produção insuficiente ou ausente de certas enzimas no organismo, o que impede a digestão adequada.

De acordo com Marcos Hagemann, para confirmar se o caso em questão é alergia ou foi um acaso do destino (como intoxicação alimentar por produto estragado) é preciso fazer avaliações clínicas e laboratoriais que englobam testes alérgicos, consultas ambulatoriais e exames de sangue específicos para pesquisa de alergias.

Trocar versão